Mapa de árvores frutíferas de São Paulo

Mapa de árvores frutíferas de São Paulo

Estava vendo uma matéria sobre as frutas da cidade de São Paulo no Bom Dia SP de ontem. O(A) apresentador(a) disse que havia um mapa colaborativo com a localização delas no município, mas não consegui pegar o endereço (nem sei se chegaram a falar… a Globo costuma ser meio econômica nas referências). Encontrei no Google o Inventário de Árvores e me surpreendi com a quantidade e a variedade de árvores frutíferas que temos e nem percebemos na correria do dia-a-dia…

Perto de casa tem um abacateiro (tem que tomar cuidado com a cabeça!) e uma goiabeira. E as frutas são bem disputadas… Todo mundo quer levar para casa. Gosto da cidade grande, mas é bom sentir como se morasse no interior de vez em quando.

Por favor, chega de me fazer sacudir o meu smartphone!

shakingphonewechat

Want to take a picture on your Moto X? Just take it out of your pocket and pretend you’re using it to screw something into a wall. Want to take a selfie on your Galaxy Note 4? Yell the word “cheese!” at your phone. You can wave your hand over your phone to answer a call, or flick it hard left or right to reveal other information. They’re all deeply strange — it never stops being weird to violently shake my phone in public to undo-delete that last email — and are far more likely to make me launch the phone out of my hand than actually do the thing they’re supposed to do.

Please stop making me shake-shake my smartphone.

Lendo este artigo do The Verge, sabe o que me veio imediatamente à cabeça? O Wii Remote. Ficar balançando e fazendo movimentos bizarros com o controle é divertido porque está dentro do contexto do jogo e o mico só é em público se você quiser.

No caso dos celulares, será que precisamos mesmo desses gestos? Já tentei, mas não uso nunca. Sacudir para criar uma nova tarefa… qual o sentido disso? Porém, tive uma surpresa ao ler os comentários: tem muita gente que discorda e acha super útil balançar o Moto X para abrir o aplicativo da câmera, por exemplo. Tudo bem que não ter um botão dedicado à ela faz muita falta, mas ainda acho que essa é uma solução um pouco chamativa e perigosa demais.

Vocês agitam muito os seus smartphones?

UTILIDADE PÚBLICA: Cuidado com sites que instalam programas para fazer download!

Dica da Cintia: o site Baboo postou um artigo sobre o perigo de infectar o computador com adware (software que mostra publicidade) ao utilizar programas para fazer download de sites. Os exemplos citados são o Baixaki, o SuperDownloads e o UltraDownloads, mas são várias as páginas nacionais e estrangeiras que pedem para que instale um software ou plugin para conseguir baixar um arquivo executável; essa também é uma prática comum para baixar drivers direto dos fabricantes dos computadores.

A dica resumida é: evite instalar qualquer programa ou plugin apenas para baixar algum arquivo. É desnecessário, pode deixar o seu computador mais lento e violar a sua privacidade, exibindo publicidades não desejadas. Quase sempre esses sites possuem também um link direto que não necessita de nenhuma instalação.

Outra dica da Cintia é nunca instalar um programa no modo “default”, para evitar a instalação de alguma barra de ferramentas que pode deixar o navegador mais lento (ou mesmo travá-lo) ou outro programa indesejado. É importante prestar sempre atenção no que está sendo informado na tela e não clicar em “next” ou “próximo” automaticamente.

Como escrever melhor com apenas 15 minutos por dia

Escrever bem é uma das melhores habilidades que uma pessoa pode ter, seja para subir na carreira ou mesmo para satisfação pessoal. Não é novidade que é necessário ler e escrever muito para melhorar cada vez mais.

How to improve your writing in 15 minutes ensina um método para quem quer criar o hábito de escrever diariamente (e nem precisa ter muito tempo disponível para isso).

How does one become a better writer? é uma pergunta do Quora cujas respostas envolvem ler e escrever muito, mas os usuários também dão dicas que vão além destes clichês.

UTILIDADE PÚBLICA: Qual a melhor internet móvel pré-paga?

Qual a melhor internet móvel pré-paga?, do excelente blog da Bia Kunze, o Garota sem Fio.

Tem sempre gente me perguntando se internet móvel no pré-pago vale a pena; a resposta está aí.

No meu caso, tenho TIM. Para o uso que faço diariamente (mensagens instantâneas, leituras no Pocket, Twitter e navegação esporádica no navegador), vale mais a pena do que se tivesse um plano pós-pago (já que também falo pouco) e, mesmo não sendo a conexão mais rápida do mundo, tem atendido as minhas necessidades.

Aprenda a ter uma vida melhor com The Sims

Não posso negar que The Sims me ensinou importantes lições: noções de decoração e arquitetura, como é difícil dar uma festa que agrade a todos, que não adianta entrar em pânico quando o fogão pega fogo… Ah, e principalmente, nunca, mas NUNCA tirar a escada de uma piscina quando houver pessoas nela.

Vale a pena ler este texto pelas dicas relacionadas à produtividade e, digamos, mais aplicáveis ao dia-a-dia.

E, como dito nos comentários do Quora:

“You’ve probably sold 10,000 copies of The Sims with that post. Excellent!” – Damien Roche

Deu mesmo vontade de voltar a jogar. Porém aconselho ficar longe do The Sims FreePlay, que é coisa do demo e para quem não quer mais ter vida.

**INFORMATION STACK OVERFLOW**

**INFORMATION STACK OVERFLOW**… ou, “O dia em que paramos de prestar atenção”, artigo ótimo do Michel Lent.

Já demoramos tempo demais pra encontrar o equilíbrio. Acima de tudo, é uma questão comportamental: precisamos ter a consciência de que não podemos saber de tudo e de que precisamos ser mais seletivos. Sim, sei que isso é apenas o começo, mas mudar a nossa relação com a informação é muito parecido com começar uma dieta ou parar de fumar.

Sobre este tema, estou lendo o livro The Information Diet: A Case for Conscious Consumption. Quando terminá-lo, falo mais sobre ele.